Ler mensagens sem resposta | Pesquisar por tópicos ativos Bem-vindo: Ter Dez 01, 2020 12:48 pm



Responder  [ 32 mensagens ]  Ir para página 1, 2, 3  Próximo
Molykote A2 ou Militec 1 
Autor Mensagem

Registrado em: Seg Mai 14, 2012 9:13 pm
Mensagens: 8
Sexo: MASCULINO
Moto: Outros Modelos
Amigos, deixo aqui a específicação de cada produto

Molykote A2
MOLYKOTE A-2 NÃO É ADITIVO DE ÓLEO LUBRIFICANTE, mas sim um eficiente agente protetivo do motor. Molykote A-2 é um óleo de suspenção à base de bissulfeto de molibdênio que pode ser adicionado a qualquer óleo de motor, caixa de câmbio e diferencial sem alterar a viscosidade ou composição. Ao adicionar MOLYKOTE A-2 ao carter, forma-se um filme lubrificante oleoso extremamente resistente ao desgaste, que se mantém aderido aos metais oferecendo uma lubrificação de emergência devido à formação da película de MoS2.

A aplicação do produto deverá ser da seguinte forma 30ml de Molykote A-2 para cada litro de óleo, ou seja, se o cárter comporta até 5 litros, 1 frasco de Molykote A-2 a cada duas trocas é mais que suficiente.
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB- ... -motor-_JM




Militec 1
Militec-1 simplesmente usa o lubrificante como um meio para chegar às superfícies metálicas em atrito e aos pontos críticos de calor dentro do equipamento. Chegando a esses locais, Militec-1 sai completamente do lubrificante, e as moléculas de Militec-1 fixam-se na superfície metálica (*adsorção). Isso ocorre entre 38°C e 66°C, dependendo das condições de atrito e carga.

O efeito dessa reação enrijece a superfície metálica(não a endurece) - tornando-a aproximadamente 17 vezes mais resistente quando a reação se completa. Além do aumento da resistência da superfície metálica, Militec-1 reduz drasticamente o atrito e o arrasto parasítico entre os metais.

Militec-1 é diferente

As partidas a frio são responsáveis por 80% do desgaste total dos motores, pois durante essas partidas ocorre o contato de metal com metal devido a ausência momentânea de lubrificação. Mas aplicando-se Militec-1, ocorrerá o contato de Militec-1 com Militec-1, protegendo a superfície metálica e evitando esse desgaste significativo.

Aplicações:

Militec-1 pode ser aplicado em todos os tipos de equipamentos, tais como: motores de todos os tamanhos, à diesel, gasolina ou álcool, de dois ou quatro tempos; transmissões e diferenciais automotivos e industriais; compressores de todos os tipos, incluindo os de refrigeração; rolamentos; redutores; mancais; bombas; sistemas hidráulicos; correntes; armas; karts, jetskis, skates; bicicletas; hobby modelismo; entre outros.

Militec-1 é também um excelente fluido de corte para ferramentas de torno e usinagem.

Militec-1 funciona em qualquer lugar onde duas peças de metal se friccionam, sem alterar as tolerâncias de folga do equipamento.
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB- ... mprove-_JM


Será que vale a pena usar esses tipos de produtos para motores de moto ? alguem aqui do fórum ja usou ???


Ter Jan 22, 2013 10:37 pm
Perfil
XTZinha

Registrado em: Seg Jan 21, 2013 8:03 pm
Mensagens: 28
Localização: Jaboatão dos Guararapes/PE
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Ténéré 250 Branca
Marca de Capacete: LS2
Quer um conselho de amigo, prático?

Esqueça esses aditivos. Nenhum motor precisa disso. Bastar usar o óleo especificado e dar as manutenções programadas.

:ok:


Qua Jan 23, 2013 8:53 am
Perfil
ADMIN
Avatar do usuário

Registrado em: Qua Set 01, 2010 4:23 pm
Mensagens: 4397
Localização: Goiânia-Go
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Preta
Marca de Capacete: LS2 Carbon e Texx Hazi-branco
Eu discordo do amigo acima. Precisar até que não precisa, mas é um cuidado adicional que vai prolongar a vida útil e diminuir alguns custos com manutenção.

Eu uso Militec na minha Lander e não me arrependi. A minha Lander é 2008, estaria sujeita ao problema da biela e eu penso que o Militec é que tem salvado o motor desse problema até hoje, com mais de 50 mil km.

Além dos benefícios de longo prazo, percebi uma melhora de torque em arrancadas e diminuiu pouca coisa no consumo de combustível.

Aqui em Goiânia, eu compro direto do distribuidor e pago R$55,00 no frasco de 200 mL. Na Lander, 1 frasco dura 30.000 km.

_________________
Imagem Meu histórico de motos: Honda Biz 100cc (2003 - 0km) > Yamaha YBR 125 ED (ano 2003)> Yamaha Lander Preta (ano 2008) > Honda Falcon (ano 2005). > YAMAHA XJ6N Preta (Ano 2011) Moto Atual: Yamaha Lander Preta (ano 2008)


Qua Jan 23, 2013 9:48 am
Perfil Visitar website do usuário
ADMIN
Avatar do usuário

Registrado em: Qua Set 01, 2010 4:23 pm
Mensagens: 4397
Localização: Goiânia-Go
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Preta
Marca de Capacete: LS2 Carbon e Texx Hazi-branco
Diego Nunes, dá uma olhada nesses vídeos abaixo.

Além do motor da Lander, eu coloquei Militec nas juntas homocinéticas do meu carro, que já estavam estalando. Meu carro estava com 155.000 km rodados (é do ano de 1999) quando fiz o serviço de inverter os lados das homocinéticas, colocar graxa nova, trocar as coifas e adicionar Militec. Atualmente o carro já tem 170.000 km e as homocinéticas nunca mais deram barulho. :ok: :ok: :ok:

Pra quem não conhece, seguem os vídeos de demonstração do Militec.
1 -

2 -

3 -

_________________
Imagem Meu histórico de motos: Honda Biz 100cc (2003 - 0km) > Yamaha YBR 125 ED (ano 2003)> Yamaha Lander Preta (ano 2008) > Honda Falcon (ano 2005). > YAMAHA XJ6N Preta (Ano 2011) Moto Atual: Yamaha Lander Preta (ano 2008)


Qua Jan 23, 2013 11:01 am
Perfil Visitar website do usuário
*Highlander*

Registrado em: Seg Abr 20, 2009 7:44 pm
Mensagens: 5232
Localização: São Paulo
Sexo: MASCULINO
Moto: Kawasaki Ninja 650R
Marca de Capacete: HJC F-15 Carbon, Shoei e Suomy
Mais opiniões aqui.
http://tudosobrecarrosantigos.blogspot. ... te-a2.html

_________________
Imagem


Qua Jan 23, 2013 1:25 pm
Perfil Visitar website do usuário
XTZinha

Registrado em: Seg Jan 21, 2013 8:03 pm
Mensagens: 28
Localização: Jaboatão dos Guararapes/PE
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Ténéré 250 Branca
Marca de Capacete: LS2
Bom, tenho alguns exemplos práticos de minha convivência de Fazer 250cc com 100.000 - 150.000 quilômetros rodados sem uso de condicionadores bem como pessoas que usaram o tal produto e a biela abriu o bico do mesmo jeito. Tem conhecidos também usam e nunca tiveram problema.

Os carros aqui de casa sempre foram vendidos com mais de 100.000 km, também nunca precisaram passar por retífica ou qualquer outro tipo de intervenção mais aguda, também nunca usamos os referidos produtos.

Tenho minhas dúvidas. Não acredito em produtos que prometem milagres e que escondem sua formulação.


Qua Jan 23, 2013 3:50 pm
Perfil
*Highlander*
Avatar do usuário

Registrado em: Dom Jul 18, 2010 12:00 am
Mensagens: 5401
Localização: São Paulo - S.P
Sexo: MASCULINO
Moto: Honda XRE 300
Marca de Capacete: GDR MX 311/Scorpion Exo 500
Sei lá, minha X ja apanhou mais que mulé de malandro, Servitec a 10 mil rpms no corte, gasolina da que tiver, óleo do que tiver e ja com 70 mil kms e nenhum defeito, isso ai num quer dizer nada mesmo :lol:

Mas respeito quem quer usar, pois se não faz mal ta bom :lol:

Eu até pensei em usar, mas do mesmo jeito que falam bem tem quem fale mal e que essa parada em motor de moto se deposita na embreagem "E PODE" fazer com que ela comece a patinar, por isso acabei não usando.

Sou mais colocar um óleo com redutor na fórmula, sai mais em conta e sem mistureba, MASSS respeito quem usa 8)

_________________
Tópicos recomendados - Ex XTZ 250X Black Mule - Atual XRE 300 Azul - CRFL 250M - ficou só no sonho, virei coxinha :)


Qua Jan 23, 2013 5:11 pm
Perfil
XTZinha

Registrado em: Seg Jan 21, 2013 8:03 pm
Mensagens: 28
Localização: Jaboatão dos Guararapes/PE
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Ténéré 250 Branca
Marca de Capacete: LS2
Ontem por curiosidade, liguei na Lumobras, detentora da marca Molykote por aqui.

Primeira coisa que foi esclarecida: Os produtos citados no tópico não são concorrentes, pois trata-se de produtos diferentes e que possuem sistema de funcionamento diferente.

O Molykote A2 é somente um óleo de motor adicionado de bissulfeto de molibdênio (lubrificante sólido). O MOS2 esse tem funcionalidade de comprovada, tanto em aeronaves como em diversos setores da industria. Pra quem não sabe, a própria Yamaha indica o uso de graxa com MOS2 em alguns item internos do motor no momento de sua montagem, consultem o manual de serviço da motocicleta. Porém, esse lubrificante não deve ser usando em grande escala dentro do motor de motocicletas que possuem embreagem úmida (nosso caso).

A pessoa que me atendeu foi muito atenciosa quando indaguei sobre o milagroso Militec.

Bem, segundo a pessoa, a Lumobras claro que teve que estudar o Militec e correu atrás disso na Alemanha. Estudo vai, estudo vem e descobriram que o Militec não passa de um óleo extremamente aditivado com EP, ou seja, aditivo de extrema pressão.

Isso é bom? NÃO, isso pode até ser prejudicial.

Eu sempre desconfiei dos testes de atrito promovidos pelo Militec, aqueles vídeos ali não mostram nada, são muito simplórios, nada comparados a dinâmica do funcionamento de motores. Se pegarmos qualquer óleo vagabundo e adicionar EP, o ensaio será idêntico.

Enfim, cada experiência é uma, pra mim, não meu uso, não vejo necessidade destes produtos.

:ok:


Qui Jan 24, 2013 9:40 am
Perfil
XTZinha

Registrado em: Ter Fev 28, 2012 10:51 am
Mensagens: 44
Sexo: MASCULINO
Moto: A pé - Por enquanto!
Bom, de fato os motores são fabricados e vendidos com a preparação e recomendação necessária para sua durabilidade prevista, e acredito que os fabricantes não arriscariam recomendar apenas a manutenção básica no manual se não fosse suficiente. Que estes produtos citados podem trazer algum benefício a durabilidade/rendimento do motor eu até acredito, mas que são indispensáveis é lenda. Um bom oleo, trocado corretamente e um bom condutor garantem um motor redondinho pelo tempo normal de uso.

abs!

_________________
Alexandre


Qui Jan 24, 2013 9:58 am
Perfil
ADMIN
Avatar do usuário

Registrado em: Qua Set 01, 2010 4:23 pm
Mensagens: 4397
Localização: Goiânia-Go
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Preta
Marca de Capacete: LS2 Carbon e Texx Hazi-branco
Informação nunca é demais né Diego? Acho que você faz bem em procurar saber mais sobre esses produtos e principalmente enriquecer o Fórum com essas informações.

Como eu disse, "virei fã" do Militec por causa dos vídeos acima. Tem um vídeo inclusive, que eles fazem esse mesmo teste com um simples óleo de motor, usando um torquímetro para comparar o esforço até o travamento das peças em atrito e somente com o óleo de motor, as peças travam muito antes do que quando é utilizado o Militec.

Por enquanto, ainda não encontrei nenhuma informação que me diga que o Militec não vale à pena, até porque eu uso no carro e na moto e já percebi vantagens nessa utilização.

Antes de usar o Militec na Lander, eu tinha receio que o produto pudesse causar algum problema de patinamento da embreagem e liguei na Militec para saber mais informações. Me colocaram em contato com o Engenheiro responsável pela comercialização do produto no Brasil e ele me esclareceu que o Militec age somente entre metais. Sendo assim, o acoplamento da embreagem (não-metal) com o motor (metal) não seria comprometido e que eles já tinham testado várias vezes e nenhum problema foi encontrado.

_________________
Imagem Meu histórico de motos: Honda Biz 100cc (2003 - 0km) > Yamaha YBR 125 ED (ano 2003)> Yamaha Lander Preta (ano 2008) > Honda Falcon (ano 2005). > YAMAHA XJ6N Preta (Ano 2011) Moto Atual: Yamaha Lander Preta (ano 2008)


Qui Jan 24, 2013 10:01 am
Perfil Visitar website do usuário
ADMIN
Avatar do usuário

Registrado em: Qua Set 01, 2010 4:23 pm
Mensagens: 4397
Localização: Goiânia-Go
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Preta
Marca de Capacete: LS2 Carbon e Texx Hazi-branco
Somente para acrescentar informação de pessoas que usam o produto, o revendedor de quem eu compro o Militec aqui na minha cidade, fez a seguinte experiência:

Ele tem uma Hornet 2011. Um amigo dele também tem outra Hornet do mesmo ano. Eles levaram as motos para uma estrada entre Brasília e Anápolis onde tem uma reta de mais de 5 km de extensão e aceleraram tudo nas motos e o desempenho de ambas foi semelhante.

Depois disso, na Hornet dele, colocou Militec nos rolamentos das rodas, na corrente e engrenagens da transmissão, no motor, no tanque de combustível (pouca quantidade) e levaram as motos para a mesma pista e fizeram o mesmo teste e a moto com Militec superou a outra sem Militec em todas as tentativas que eles fizeram.

Ele esclareceu que a vantagem não foi absurda, mas foi suficiente para que a moto com Militec acelerasse mais rápido e tivesse mais velocidade final do que a Hornet sem o Militec.

_________________
Imagem Meu histórico de motos: Honda Biz 100cc (2003 - 0km) > Yamaha YBR 125 ED (ano 2003)> Yamaha Lander Preta (ano 2008) > Honda Falcon (ano 2005). > YAMAHA XJ6N Preta (Ano 2011) Moto Atual: Yamaha Lander Preta (ano 2008)


Qui Jan 24, 2013 10:19 am
Perfil Visitar website do usuário
XTZinha

Registrado em: Seg Jan 21, 2013 8:03 pm
Mensagens: 28
Localização: Jaboatão dos Guararapes/PE
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Ténéré 250 Branca
Marca de Capacete: LS2
Relato interessante, não duvido.


Qui Jan 24, 2013 3:58 pm
Perfil

Registrado em: Seg Mai 14, 2012 9:13 pm
Mensagens: 8
Sexo: MASCULINO
Moto: Outros Modelos
Galera, a duvida entre usar ou não esses produtos ainda continua
Por curiosidade decidi usar esse molykote A2, só que estou colocando apenas 10 ML em todas as trocas de óleo.
Pode ser pela pouca quantidade, mas não percebi melhoramento algum no motor, mas também nada que o prejudicasse também
E pra constar, não alterou em nada a embreagem da moto
Vou continuar usando até acabar o frasco, mas apenas 10 ML a cada 2.000 Km vai durar muito ainda hehehe
Se no fim do frasco não perceber melhora alguma, não pretendo comprar outro.
Mas para quem quiser experimentar, eu particularmente não tive nenhuma contra-indicação


Dom Jan 27, 2013 6:36 pm
Perfil
Minilander
Avatar do usuário

Registrado em: Sex Mai 21, 2010 4:17 pm
Mensagens: 532
Localização: Brasília DF
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Preta
Marca de Capacete: Shark RS1
Bueno, minha moto está com 98.500km, e por duas vezes troquei óleo apenas aos 5mil km, ou perto disso... Como pretendo fazer ao menos meio milhão de km, será?, vou passar a usar Molykote.

De fato, não quero melhora de rendimento algum, apenas a proteção prometida... Escrevi para o fabricante, mas ainda não recebi informação de onde comprar aqui no DF ou GO, apenas como comprar deles por via postal. Com eles o preço é um levemente superior ao do Mercado Livre. Como estou morando num setor de chácaras, aqui não tem Correios, e ainda vou ver como resolver isso. Se alguém do DF for comprar, queria que pegasse mais dois para mim, mandando MP antes para mim, para acertarmos.

Decidi ao ler sobre o Molykote: “Para quem duvida da eficiência e solidez desse produto que já existe no mercado a mais de 60 anos. Em usinas eólicas eles adicionam MoS2 a um óleo sintético nascaixas de transmissão de geradores e a caixa lubrificante só é trocada a cada 7 anos, importante salientar que um gerador eólico funciona em média de 20 a 22 horas por dia.”

Confere?

Bueno, com essa, caso o motor não apresente nenhum sintoma, fico em dúvida de em que quilometragem abrir para uma reforma da folgas.

Até mais, Luiz

_________________
Mas "a dúvida é o preço da pureza" e é inútil ter certeza (..)


Dom Jan 27, 2013 7:47 pm
Perfil Visitar website do usuário

Registrado em: Seg Mai 14, 2012 9:13 pm
Mensagens: 8
Sexo: MASCULINO
Moto: Outros Modelos
Luis
O que sempre ouvi falar tanto do molykote A2 tanto do militec 1 é que eles previnem um desgaste do motor, aumentam a vida útil do motor, porém não recupera motores já comprometidos.
Se a sua moto estando com 100.000 Km estiver com o motor redondinho e principalmente o jogo de embreagem intactos, é recomendado sim o uso, vai aumentar um pouco a vida útil do motor.
Porém se o motor ja estiver meio zuado, esses produtos não irão fazer efeito, e o problema maior, se sua embreagem ja estiver ruim, esses produtos vai agravar ainda mais, ja li relatos de pessoas que usaram esses produtos em motos com embreagem muito ruim, de tanto patinar a embreagem a moto não saía do lugar.
Então antes de usar esses produtos averígue a integridade de seu motor e principalmente seu jogo de embreagem


Dom Jan 27, 2013 9:22 pm
Perfil
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Responder   [ 32 mensagens ]  Ir para página 1, 2, 3  Próximo

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 11 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Designed by ST Software for PTF.
Traduzido por: Suporte phpBB