Ler mensagens sem resposta | Pesquisar por tópicos ativos Bem-vindo: Seg Ago 26, 2019 6:19 am



Responder  [ 61 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Próximo
Lander Morrendo em movimento. Bateria?? 
Autor Mensagem
Avatar do usuário

Registrado em: Seg Jun 02, 2014 4:05 pm
Mensagens: 7
Localização: Aparecida de Goiânia/Go
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha XTZ 250 X Preta/Roxa
Marca de Capacete: shark
Tive o mesmo problema hoje de manhã com minha X. Andei tranquilo, mas na volta a moto não passava dos 4000 rpm, acendia a luz da injeção e apagava. A primeira coisa que veio na minha cabeça foi vir aqui no fórum e pesquisar antes de levar em um mecânico ou em uma cc!! Procurei bastante até achar esse tópico, antes de trocar a vela e fazer todos os outros testes aqui sugerido, fui no mais fácil e pratico, testar pra ver se não era um mal contato na ignição. Liguei a danada, dei partida e fiquei firmando a chave na ignição, enrolei o bigode e girei o guidão para os dois lados e nada dela apagar! Aparentemente o problema está resolvido, vou tentar apertar, ajustar, consertar eu mesmo! Obrigado a todos que ajudaram a resolver este problema!
Abs!!
:ok:

_________________
Imagem


Qua Jun 11, 2014 6:01 pm
Perfil
XTZinha
Avatar do usuário

Registrado em: Sáb Set 03, 2011 2:19 pm
Mensagens: 12
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha XTZ 250 X Preta/Vermelha
Estava com o mesmo problema. XTZ205X 2008 com 50.000km. A moto estava bem quando esporadicamente, quando ia acelerando, o motor apagava e a luz da injeção piscava até o motor parar, não era emitindo códigos de erros. Duro que aqui el Lavras-MG, em qualquer oficina que vai o cara quer trocar isto, trocar aquilo até "na sorte" trocar o que realmente da o problema. Também ja fazia tempo que a moto vinha apresentando este defeito e eu torcendo para a moto pifar de vez pra achar o problema, más nada. Fui conversar com o mecânico da yamaha aqui para ver se tem como rastrear a injeção e o cara falou que tem, era só internar a moto lá. Depois descobri que não tem nada, a unica forma é com o numero de piscadas que a luz referente dá no painel, f***. Lendo e pesquisando muito em fóruns, achei este post e batata, era o bendito contato. Coloquei limpa contato em abundância e troquei a chave pela reserva, a que estava na moto estava um pouco gasta. Girou liso o contato e não tive mais o problema.


Qui Jan 26, 2017 5:23 pm
Perfil

Registrado em: Qua Set 30, 2015 6:46 am
Mensagens: 1
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Azul
Marca de Capacete: preencher no perfil
Salve galera beleza??
A minha vem acontecendo a mesma coisa, estou andando tranquilamente e a moto do nada corta a aceleração do nada e fica com a luz da Injeção piscando, independente da velocidade que estou.
Fiz uma revisão geral e NADA
Desinstalei o Alarme, e ficou uns dias normais, até que hoje ela faz a mesma coisa.
O engraçado é que é só ligar a moto normalmente depois que ela pega como se nada tivesse acontecido.
Li os bons conselhos dos irmãos aqui, e tirei algumas das possibilidades:
Sensor de pedal = A minha desde que comprei não tem
Vela = Pela revisão a menos de um mês acho que não seria o problema
Bico sujo = Ainda estou confiando na revisão(ainda)
Bateria = Nova

Então, o que me resta fazer? Pois pego muito estrada e tenho muito medo de dar este problema em uma ultrapassagem.

Desde já grato


Sáb Jan 28, 2017 11:31 am
Perfil
XTZinha
Avatar do usuário

Registrado em: Dom Set 05, 2010 7:04 pm
Mensagens: 133
Localização: Rio de Janeiro, RJ.
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Preta
Marca de Capacete: Texx - Hazy
Fala pessoal, venho enfrentando o mesmo problema. A minha é 2008 com 105.000km.
Já fiz um monte de coisas e lendo todo o tópico descobri mais umas opções para eliminar.

O sintoma é: quando sobe a aceleração com a moto em movimento, mais comum em 4a e 5a marcha (mais também já aconteceu em 2a e 3a) a injeção simplesmente corta com a moto em movimento e a luz de injeção fica piscando, sem código de erro, pisca direto. Não tem nada de motor embolando, é corte do sistema.
Com a moto em movimento ainda, seguro a embreagem, viro a chave e desligo e ligo novamente, dou o start e ela liga normalmente e continuo viagem. As vezes ela não liga direto, e tenho que jogar no neutro (com a moto ainda em movimento) e ela pega normal. É intermitente, vezes acontece vezes não.

O que já fiz para tentar solucionar:
Minha primeira suspeita veio da própria injeção:

- Usei Tunap939 misturado a gasolina, em 2 tanques, na proporção de mistura indicada pelo produto.
- Desmontei a injeção e fiz uma descarbonização completa com Car80.
- Retirei o bico e deixei ele ligado e funcionando de molho no Car80 (liguei num transformador).
- Troquei as borrachas de vedação do Sensor Híbrido (originais Yamaha).
- Retirei e fiz uma limpeza completa na caixa de ar.
- Limpei o filtro de ar com água e sabão (como sempre fiz) e o embebedei com óleo de motor antes de instalar.
- Troquei a bateria
- Verifiquei a vela Iridium que está em bom estado e corrigi a folga para a indicada no manual
- Verifiquei o interruptor de descanso. Retirei ele e fiz um contato direto na fiação.
- Verifiquei a ignição com a moto em movimento, dei umas forçadas na chave em todas as direções.

Nenhuma dessas alternativas deu resultado.

Levei numa oficina aqui no RJ na Rua Ceará, o cara passou no scanner, ficou de KAO pra me dizer o que o scanner mostrou, não deixava eu ir lá perto da moto pra ver e conversar a respeito. Ficou lá fazendo vários testes, acelerando a moto e tal. Depois voltou e me falou que tinha erro na injeção, que era o TPS, que foi o Car80 que eu joguei nele pra limpar, que a injeção ainda tava queimando o excesso de Car80 que entrou no TPS inclusive deu saída de gases maior em alta, segundo o que ele falou. Mas que tinha solucionado tudo.

Andei com a moto e a princípio pareceu ter resolvido. Estava dando como problema resolvido. Mas voltou a dar o problema novamente. E detesto levar a moto para mecânico dar diagnóstico, inventam qualquer merda e acham que a gente é trocha, então não vou levar em mecânico pra ele me falar o que é. Só levo pra resolver depois que eu souber o que é e se eu mesmo não tiver as ferramentas pra resolver.

As alternativas que estou considerando verificar levantadas aqui no tópico e que ainda não fiz são da parte elétrica:

- verificar o sensor de inclinação
Bem, não sei o que realmente preciso fazer para verificar se é ele. Retirar o sensor e fazer um contato direto entre as pontas do conector elimina ele, o que faço?
- verificar os contatos dos fusíveis e demais contatos debaixo do banco.
- verificar o chicote que raspa no quadro quando vira o guidom.
- verificar e limpar contatos na bobina / retificador

Que mais? Algumas sugestões extras?


Qui Fev 02, 2017 11:25 am
Perfil Visitar website do usuário
XTZinha
Avatar do usuário

Registrado em: Dom Set 05, 2010 7:04 pm
Mensagens: 133
Localização: Rio de Janeiro, RJ.
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Preta
Marca de Capacete: Texx - Hazy
Outra sugestão é que o problema pode estar no sensor de neutro, chamado também de cebolinha do neutro.

ATENÇÃO: Só retirar o sensor depois de vazar o óleo do motor. Retirar o sensor faz escorrer o óleo do motor.

[YouTube]https://youtu.be/L7h29qxF8NM[/YouTube]


Qui Fev 02, 2017 11:33 am
Perfil Visitar website do usuário
XTZinha
Avatar do usuário

Registrado em: Dom Set 05, 2010 7:04 pm
Mensagens: 133
Localização: Rio de Janeiro, RJ.
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Preta
Marca de Capacete: Texx - Hazy
Algumas pessoas atribuem esse problema também a válvula FID, também conhecido como afogador eletrônico. Uma solenóide que abre uma passagem de ar adicional na injeção para elevar a rotação do motor e leva-lo ao aquecimento. Após aquecido o solenóide fecha a entrada.

Não sei ao certo se tem relação, me foi citado isso. Porque estou tentando imaginar porque essa entrada de ar adicional (em um mal funcionamento da válvula), poderia fazer a injeção ser cortada com a moto em movimento em retomadas.

Mas acabo de retira-lo da minha moto para verificar, dei a partida na moto com ele desencaixado e ele retraia normalmente quando dava o start da moto.
Botei a moto pra pegar com ele desparafusado e tirei ele fora com o motor em funcionamento. O giro do motor fica subindo e descendo, na faixa de uns 3 / 4 mil rpm e o solenóide ficou pulsando. Não sei se essa pulsação é um descontrole da ECU por ele estar fora ou um mal funcionamento da solenóide. Porque no geral, a princípio me pareceu funcionar normalmente. Como fiz uma limpeza geral em tudo com Car80 ela estava absolutamente limpa e com movimento livre do êmbolo do solenóide.


Seg Fev 13, 2017 5:54 pm
Perfil Visitar website do usuário

Registrado em: Qua Nov 09, 2016 11:38 am
Mensagens: 1
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha XTZ 250 X Preta/Vermelha
Marca de Capacete: Mormaii
Boa noite galera! Sou novo aqui e estou com esse mesmo problema. :x
procurei algum tópico semelhante e não achei um que me agrade.
Bem, minha Lander tá 53.000 km, e 1 anos atrás ela começou com alguns problemas estranhos: Viajando numa faixa de uns 100 km/h quando dei uma esticada para ultrapassar um carro o motor apagou e a luz da injeção começou a piscar, mas nao apagou nada do painel, então parei no acostamento desliguei e liguei a chave e ela pegou normalmente, andei e deu esse erro novamente, era só dar uma esticada que ela morria. Levei na cc e o mecânico trocou a vela, fiz a limpeza da injeção completa e o rastreamento e ainda continuou, ele disse que pode ser a fiação da moto, será que tenho que trocar a fiação toda? Alguém pode me ajudar?


Qua Mar 01, 2017 9:52 pm
Perfil
XTZinha
Avatar do usuário

Registrado em: Dom Set 05, 2010 7:04 pm
Mensagens: 133
Localização: Rio de Janeiro, RJ.
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Preta
Marca de Capacete: Texx - Hazy
Ainda não descobri na minha...


Sex Mar 03, 2017 10:35 pm
Perfil Visitar website do usuário
XTZinha

Registrado em: Sex Out 30, 2015 4:43 pm
Mensagens: 21
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Laranja
Marca de Capacete: Induma
Companheiro,

Existe um recall para as motos mais novas que prevê a troca de subchicote da ingnição. Não sei se a chamada cabe a sua moto mas
na minha que é 2016 notei que a chave de ignição entra agua fácil. Tenho colocado óleo em spray. Ainda nao deu problemas porque ando pouco e quase nao ando na chuva.
Voce poderia ver aqui no forum tem um exemplo de melhorar a fixação do conjunto da chave de ignição que é feita por arrebites aí se troca por parafusos e limpa-se os contatos.
Este exemplo serve para as lander porque é a mesma moto so muda a perfumaria.

http://www.tenereclub.com.br/viewtopic. ... 4&start=50

Veja se sua ignição esta com folga ou algo que corte os sinais elétricos.

_________________
Lander 2016

SUQUINHO !!.


Editado pela última vez por cruzlander em Qua Mar 08, 2017 11:08 am, em um total de 2 vezes.



Ter Mar 07, 2017 5:11 pm
Perfil
XTZinha

Registrado em: Sex Out 30, 2015 4:43 pm
Mensagens: 21
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Laranja
Marca de Capacete: Induma
E aí Perrota!! ja arrumou?

Do jeito aleatorio que falou é bom ver todos os bornes de aterramento que tem na moto, pode ter algum solto.
Ja que voce ja limpou tudo , isso pode ser uma bobagenzinha.

So para complementar mesmo nao tendo haver com o problema, ao trocar a bateria coloque um multimetro com ela ligada e veja se tem la uns 13,5 V ou perto de 14,5V. Se tiver ta carregando normal.

Posta ai pra gente o resultado. Obrigado pelo relato. :vee:

_________________
Lander 2016

SUQUINHO !!.


Qua Mar 08, 2017 10:45 am
Perfil
XTZinha
Avatar do usuário

Registrado em: Dom Set 05, 2010 7:04 pm
Mensagens: 133
Localização: Rio de Janeiro, RJ.
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Preta
Marca de Capacete: Texx - Hazy
Cruzlander,

Não acredito que o problema da minha 2008 seja o mesmo do recall. Este problema só veio se apresentar nesses últimos meses.

Sobre o contato da ignição, isso também já foi verificado e não está com problema.

Infelizmente ainda não tive um tempo para poder olhar isso com calma. Já tem algumas semanas que parou de cortar o motor, mas já houve uns 3 ou 4 casos que ela ameaçou embolar o motor e cortar, chegando a piscar a injeção, mas soltei o acelerador a tempo e ela não chegou a cortar.

Sobre a bateria, quando isto começou, realmente a bateria estava nas últimas, o que naturalmente me fez desconfiar que o problema fosse carga. Mas tratei de providenciar rapidamente a troca da bateria. Isso não eliminou o problema.

Segue difícil de descobrir essa charada. Mas assim que eu puder farei as verificações.

Tenho vontade de checar todos os adaptadores elétricos e limpa-los com limpa-contato. Só falta tempo pra fazer isso...


Qua Mar 08, 2017 1:35 pm
Perfil Visitar website do usuário
XTZinha
Avatar do usuário

Registrado em: Dom Set 05, 2010 7:04 pm
Mensagens: 133
Localização: Rio de Janeiro, RJ.
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Preta
Marca de Capacete: Texx - Hazy
Reavivando o tópico novamente, EXATOS 2 anos depois da última postagem e o problema voltou!!!

Chego em casa agora a pouco da rua meio puto com a moto voltando a morrer constantemente, mesmo sintoma de antes.

Curiosamente, após estas últimas postagens que fiz o problema simplesmente sumiu! Ficou desde aquela época (+ - abril/2017 até nov/2018) sem apresentar mais o problema. Sem que eu tivesse feito absolutamente nada na moto.

E então, depois desse tempo todo, o problema voltou!

Estou muito cismado com uma coisa que a propósito parece não ter NADA A VER.

O problema voltou a ocorrer exatamente depois que eu troquei o óleo e filtro do motor, como sempre faço.
Acontece que coloquei um pouquinho mais de óleo que o recomendado, pois verifiquei que o nível está baixando muito.
Coloquei alto entre 1500 a 1550ml. E depois que sai pela primeira vez com o óleo novo, o problema voltou.

Eu realmente não sei se tem alguma coisa a ver ou se foi uma coincidência incrível!

Essa cisma me faz ficar pensando se o excesso de óleo não está de alguma forma ligado a isso, se este problema só aparece depois que faço a troca de óleo.

Junto com isso, a minha sensação é que parece que está ocorrendo excesso de combustível na combustão.

Quando a moto morre, novamente, com ela ainda em funcionamento, giro a chave, desligo e ligo, ela liga (com a moto em movimento). Mas várias vezes quando volto a acelerar depois de religar, ela continua morrendo. Dai religo e abro o acelerador 100%, dou um aceleradão. E ela para de morrer totalmente. Até eu desligar a moto novamente.
Não entendo tanto assim, sou curioso, mexo nas coisas mas não sou engenheiro, então sei lá, a minha impressão é que esse aceleradão é como se ele "limpasse" a câmara de combustão e então a moto fica normal.

Dai quando vai ligar, ela as vezes falha na primeira tentativa (coisa que nunca ocorria).

Bem, só relatando novamente a volta do problema. Vou realizar novamente TODAS AS VERIFICAÇÕES. Estou preparando até uma lista pra isso, pra não esquecer nada para tentar mais uma vez elucidar isso.


• Medição da bateria (multímetro) Marcha lenta e acelerando
• LIMPEZA GERAL
• Limpar todos os contatos elétricos – TODOS (da bomba de combustível, do painel, retificador, todos os chicotes, atenção se há emendas - soldar-, interruptor do descanso, sensor, de inclinação, fusíveis
• Vela
• Filtro de ar
• Ignição, olhar por baixo da chave
• limpar oxidação da tampa do tanque de combustível
• Desmontar injeção e limpar com car 80
• Limpar bico
• Verificar carbonização nas costas das válvulas (quando tirar a injeção)
• Regular marcha lenta
• Limpar afogador eletrônico
• Limpar sistema de indução de ar
• Limpar caixa de ar
• Aditivo no tanque. 1 vidro inteiro seguindo a indicação de quantidade a cada abastecimento
• Isolar a bobina de água
• Car80 com a moto em funcionamento para limpar costas das válvulas



Alguém mais, algo a acrescentar?


Sex Mar 08, 2019 9:13 pm
Perfil Visitar website do usuário
Microlander
Avatar do usuário

Registrado em: Qua Nov 20, 2013 3:55 pm
Mensagens: 285
Localização: Coimbra - MG
Sexo: MASCULINO
Moto: BMW G 650GS
Marca de Capacete: MT Blade SV - Helt Race
Única dica minha seria nunca colocar mais óleo. Se está baixando melhor is acrescentando aos poucos conforme o nível baixar, mas jamais colocar mais que o especificado. Qual o km da moto?

_________________
Imagem
"Tudo é ousado para quem à nada se atreve"

https://www.facebook.com/samuel.singulano
Lander 2009 (2013-2014)
XT 600E (2014 - 2016)
XT 660 R (2016 - 2018)
Sertão (2018 - ... )


Seg Mar 11, 2019 10:47 am
Perfil
XTZinha
Avatar do usuário

Registrado em: Dom Set 05, 2010 7:04 pm
Mensagens: 133
Localização: Rio de Janeiro, RJ.
Sexo: MASCULINO
Moto: Yamaha Lander Preta
Marca de Capacete: Texx - Hazy
Sim, pois é. Sei que fiz errado. Mas não farei mais.
130.000km.


Seg Mar 11, 2019 12:20 pm
Perfil Visitar website do usuário
Microlander
Avatar do usuário

Registrado em: Qua Nov 20, 2013 3:55 pm
Mensagens: 285
Localização: Coimbra - MG
Sexo: MASCULINO
Moto: BMW G 650GS
Marca de Capacete: MT Blade SV - Helt Race
Diagnóstico realmente difícil neste caso, mas além do excesso de óleo, deveria evitar procedimentos anormais como aditivo na gasolina. Limpe a injeção, bico, sensores, mas evite aditivos ou a própria gasolina aditivada.
Até a questão da tampa do tanque, é normal as XT 600 apagar por vácuo no tanque, mas nunca ouvi isso na Lander, mas na dúvida...

_________________
Imagem
"Tudo é ousado para quem à nada se atreve"

https://www.facebook.com/samuel.singulano
Lander 2009 (2013-2014)
XT 600E (2014 - 2016)
XT 660 R (2016 - 2018)
Sertão (2018 - ... )


Seg Mar 11, 2019 2:34 pm
Perfil
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Responder   [ 61 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Próximo

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 12 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Designed by ST Software for PTF.
Traduzido por: Suporte phpBB